Cree en grande.
CONMEBOL

Richarlison conduz o Brasil às quartas de Tóquio 2020

Richarlison conduz o Brasil às quartas de Tóquio 2020

O Brasil continuará a defender sua coroa olímpica depois de vencer a Arábia Saudita por 3-1 nesta quarta-feira, no último dia da fase de grupos, onde terminou no topo da chave D, e enfrentará o segundo classificado da zona C nas quartas de final no sábado.

Como na vitória por 4x2 sobre a Alemanha, Richarlison foi novamente decisivo contra a Arábia Saudita, marcando dois gols (77º e 90+3 minutos) em uma partida que começou com o Brasil assumindo a liderança através do gol de Matheus Cunha (14'), que Abdulelah Alamri (27') neutralizou de forma momentanêa.

"Estou arriscando, trabalhando duro, e nossa equipe está crescendo durante a competição", disse o atacante Richarlison à TV Globo após a partida.

O Brasil entrou em campo no Estádio Saitama para tentar selar uma vaga nas quartas de final após um empate sem gols com a Costa do Marfim.

Antes de passar o primeiro quarto de hora (14), os brasileiros se adiantaram após um escanteio de Claudinho que Matheus Cunha cabeceou na trave, marcando seu primeiro gol nos Jogos, depois de perder um pênalti contra a Alemanha (4-2) na partida de abertura.

O Brasil tinha amarrado seu passe na fase seguinte, podendo até fazer o segundo com um cabeçaço de Antony (20) que passou por cima da trave, mas a Arábia Saudita reagiu após a metade do primeiro tempo (27), empatando com a cobrança de Salman Al-Faraj para Abdulelah Alamri cabecear ao gol.

O resultado deixou o Brasil no topo do Grupo D com sete pontos, seguido pela Costa do Marfim (5 pontos), que empatou em 1-1 com a Alemanha para ficar com o segundo boleto das quartas em um grupo que terminou com a Arábia Saudita sem pontos.

O adversário do Brasil nas quartas será o Egito, no próximo sábado em Saitama.

 

 

 

 

 

AFP