Cree en grande.
CONMEBOL

Peñarol vence o superclássico de ida, Santos bate Independiente

Peñarol vence o superclássico de ida, Santos bate Independiente

-Peñarol bate Nacional por 2-1 no clássico uruguaio das oitavas de ida-

Peñarol venceu nesta quinta-feira o superclássico uruguaio ao derrotar o Nacional por 2-1 no encontro de ida das oitavas de final da CONMEBOL Sudamericana 2021, uma vitória ajustada para a revanche da semana que vem.

Agustín Canobbio aos 45+1' e Valentín Rodríguez aos 90+1' marcaram os gols aurinegros em sua visita ao estádio Gran Parque Central, campo do 'Bolso', enquanto Gonzalo Bergessio descontou para a equipe local aos 90+4 minutos.

-Números do jogo-

  • Peñarol venceu o 45° jogo contra Nacional em competições CONMEBOL. O histórico favorece o 'Carbonero': ganhou 16, empatou 18 e perdeu 11.
  • Nacional acabou com o invicto de 8 partidas contra times uruguaios em competições CONMEBOL (3V 5E). Sua última derrota tinha sido em condição de local contra o Peñarol na Copa Mercosul 1999 (1-2).
  • Peñarol está em uma racha de 7 encontros sem derrotas contra o Nacional em competições CONMEBOL (5V 2E). É a quinta vitória consecutiva do Peñarol como visitante contra Nacional em torneios CONMEBOL.
  • Peñarol teve mais posse que Nacional (56,7%-43,3%): o 'Carbonero' teve mais posse que seus rivais jogando como visitante nos últimos 3 jogos da atual CONMEBOL Sudamericana.
  • Peñarol teve 17 finalizações contra o Nacional, sendo a segunda quantidade de disparos mais alta jogando como visitante na CONMEBOL Sudamericana desde, pelo menos, 2013: nesta edição também conseguiu contra o Sport Huancayo do Peru (0-0).

 

-Deportivo Táchira e Rosario Central empatam 2-2-

Deportivo Táchira e Rosario Central empataram nesta quinta-feira por 2-2 na ida das oitavas de final de ida.

Luciano "Pupi" Ferreyra abriu o placar para o conjunto argentino aos 26 minutos do primeiro tempo. José Luis Granados empatou o placar aos 59'. Alan Marinelli marcou o 1-2 aos 90' que parecia definitivo, até que Duglar Angarita fechou o resultado a poucos segundos do apitaço final.

Com a vantagem de gols como visitante, a equipe rosarina, que avançou para as oitavas de final como líder do Grupo A, buscará a classificação em casa, na quinta-feira, 22 de julho, no estádio 'Gigante de Arroyito', em Rosario, Argentina.

-Números do jogo-

  • Deportivo Táchira (21) e Rosario Central (18) combinados, somam um total de 39 finalizações, o segundo registro mais alto em uma partida da atual CONMEBOL Sudamericana atrás de Bolívar 2-2 Jorge Wilstermann (40).
  • Deportivo Táchira só perdeu uma das suas últimas 14 apresentações como local em competições CONMEBOL (8V 5E): foi contra o Santa Fe (Colômbia) na CONMEBOL Libertadores 2018 (2-3)
  • Jose Luis Granados, do Táchira, marcou o empate parcial: é seu primeiro gol em 7 jogos nesta temporada em competições CONMEBOL. Além disso, gerou uma chance e completou 25 das 28 tentativas de passes.
  • Táchira teve 21 finalizações no encontro (9 chutes a gol): é o time com mais finalizações e chutes a gol contra o Rosario Central em 2021 tanto em competições CONMEBOL como em torneios locais (Central tem uma média de 12.1 finalizações recebidas por jogo, 4.5 chutes a gol recebidos).
  • Luciano Ferreyra, do Rosario Central, marcou o gol que abriu o placar: foi seu primeiro gol com a primeira equipe 'Canalla'.

 

-Santos se impõe 1-0 contra o Independiente na ida das oitavas-

Um solitário gol de Kaio Jorge aos 69 minutos deu a vitória, nesta quinta-feira, ao Santos por 1-0 sobre o Independiente de Avellaneda na ida das oitavas de final.

O conjunto brasileiro dominou o encontro e dispôs de várias oportunidades claras, principalmente no segundo tempo, para sair com vantagem sobre o Avellaneda, para a semana que vem.

Com uma formação muito defensiva, Independiente mal acordou com o placar em contra, embora bateu de frente com um inspirado João Paulo no gol santista que evitou o empate.

Ambos os times voltarão a duelar na semana que vem na Argentina, em um encontro onde o Independiente estará obrigado a marcar pelo menos um gol se quiser ter opções de classificar às quartas de final.

-Números do jogo-

  • 10 jogos do Santos sem derrotas como local contra rivais argentinos em competições CONMEBOL (8V 2E)
  • Terceiro encontro consecutivo que o Santos termina com o arco invicto como local em competições CONMEBOL (3V)
  • Kaio Jorge, do Santos, marcou o gol do triunfo contra o Independiente, além disso foi o jogador com mais finalizações no jogo (5). Kaio Jorge tem um histórico de 4 gols e 40 finalizações na temporada (18PJ) e está no segundo lugar entre os jogadores do Santos, só atrás de Marinho (7 e 61 em 18PJ).
  • Santos teve uma média de 60.8% de posse contra o Independiente, a equipe brasileira teve mais a bola que seu rival em 10 das suas 11 apresentações em competições CONMEBOL nesta temporada (59.5%).
  • Santos teve 18 finalizações contra o Independiente, seu segundo registro mais alto em competições CONMEBOL nesta temporada, só atrás das 19 contra o The Strongest na Libertadores em maio deste ano (5-0).

 

 

 

 

AFP/OPTA