Cree en grande.
CONMEBOL

Palmeiras e Flamengo assinam compromisso em prol de uma final segura

Palmeiras e Flamengo assinam compromisso em prol de uma final segura
  • CONMEBOL organiza reunião de informação e coordenação para a final única da CONMEBOL Libertadores, agendada para 27 de novembro.
  • Os presidentes dos clubes finalistas foram informados sobre o progresso da organização do jogo e assinaram um compromisso de promover uma partida sem violência.

Sob a direção do presidente da CONMEBOL, Alejandro Domínguez, foi realizada uma reunião de informação e coordenação para a final única da CONMEBOL Libertadores, que deverá ocorrer no estádio Centenário, em Montevidéu, no sábado, 27 de novembro. A reunião contou com a presença dos titulares do Palmeiras e do Flamengo, Mauricio Galiotte e Rodolfo Landim, respectivamente, acompanhados de seus colaboradores mais próximos.

Também compareceram o presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ednaldo Rodrigues; o vice-presidente da CBF e representante da CONMEBOL no Conselho da FIFA, Fernando Sarney; o vice-presidente da CBF, Gustavo Feijó, o presidente da Federação Paulista de Futebol, Reinaldo Bastos, e o presidente da Federação Estadual de Futebol do Rio de Janeiro, Rubens Lopes. O embaixador do Brasil, Flávio Damico, e o embaixador do Uruguai, Fernando Sandin, estiveram presentes como testemunhas de honra. 

A equipe do Departamento de Competições e Operações da CONMEBOL deu uma exposição detalhada sobre todos os aspectos da organização da final única da CONMEBOL Libertadores. O traslado e alojamento das equipes; os campos de treinamento; as atividades de imprensa; os dispositivos de segurança; as obras e melhorias no Estádio Centenário; o local e pontos de encontro para os torcedores e outros assuntos logísticos e operacionais foram discutidos durante a reunião. 

Enquanto a reunião estava sendo desenvolvida na sede da CONMEBOL, foi tornada pública a decisão do governo uruguaio de aumentar a assistência permitida nos jogos de futebol para 75% da capacidade dos estádios. Neste sentido, a CONMEBOL informou que 50% dos lucros serão divididos igualmente entre os clubes finalistas, enquanto os 50% restantes serão utilizados para cobrir custos organizacionais e obrigações impositivas.

A segurança é uma questão particularmente sensível e é o foco de atenção tanto da CONMEBOL quanto dos clubes finalistas. Sobre este ponto, é importante destacar a estreita colaboração com a polícia do país anfitrião e a polícia do Brasil, a fim de prevenir e evitar incidentes ou problemas de segurança. Como corolário da reunião, os presidentes do Palmeiras e do Flamengo assinaram um compromisso de promover campanhas contra a violência entre seus torcedores e de fomentar o espírito esportivo e o fair play, dentro e fora dos estádios.