Cree en grande.
CONMEBOL

O futebol feminino não tem limite

O futebol feminino não tem limite

Uma nova edição da CONMEBOL Libertadores Feminia já começou, um torneio que vem ganhando competitividade e gerando expectativas cada vez maiores em todo o continente.

Na CONMEBOL, sentimos este processo com a satisfação e o entusiasmo daqueles que trabalham para crescer e reforçar um projeto que é símbolo do nosso compromisso para com um futebol mais inclusivo e diversificado.

O futebol feminino não tem teto. Irá expandir e se desenvolver tanto quanto promovermos a sua prática, estimulamos os seus talentos, consolidamos as suas competições e trabalhamos ao lado das nossas jogadoras, árbitras, treinadoras e todas as mulheres que, de uma forma ou de outra, se envolvem e conquistam este esporte.

O futebol é escrito com F de feminino, e com F de F de FUTURO.

Na CONMEBOL, acreditamos numa bola de futebol sem gênero, sem exclusões. A diversão saudável oferecida pelo nosso esporte e os valores em que este se baseia e que inspiram tantas crianças e jovens nunca podem ser exclusivos de um setor ou grupo.

É disso que trata o nosso trabalho: divulgar e difundir o futebol, um esporte nobre, uma paixão transbordante, que é também um instrumento de mudança e melhoria para as pessoas e as sociedades. Queremos que cada vez mais meninas e mulheres na América do Sul façam do futebol uma parte importante das suas vidas e assim amplifiquem o seu impacto positivo.

É claro que o apoio ao futebol feminino não pode permanecer apenas conversa. É por isso que há alguns meses anunciámos que a CONMEBOL Copa América Feminina será realizada de dois em dois anos, com início em 2022. Estamos também empenhados em reanimar a Copa Intercontinental para incluir os clubes de futebol feminino. E vamos redobrar o nosso trabalho a nível da juventude.

Só posso desejar boa sorte a todos os participantes no torneio e vamos desfrutar de algum do melhor futebol do mundo!

 

 

Alejandro Domínguez W-S