Cree en grande.
CONMEBOL

Especialização em Medicina do Esporte é inaugurada

×

Menssagem de erro

Notice: Undefined index: und em eval() (linha 1 de /data/www.conmebol.com/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_argument_default_php.inc(66) : eval()'d code).
Especialização em Medicina do Esporte é inaugurada

Nesta sexta-feira, no auditório da Universidade Nacional de Assunção (UNA), foi feita uma introdução dos programas que serão desenvolvidos durante a Especialização em Medicina do Futebol, um projeto promovido pelo Departamento Médico da CONMEBOL e pela Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nacional de Assunção (FCMUNA).

Em 22 de maio, ambas as instituições assinaram um convênio para promover a Especialização em Medicina do Futebol, que iniciará na próxima segunda-feira, 11 de junho, em Assunção, "a fim de promover uma melhor profissionalização dos médicos, qualidade de vida do esportista e uma melhor qualidade também em seu desempenho esportivo", havia dito o presidente da CONMEBOL Alejandro Dominguez, durante a assinatura do convênio.

O programa de estudo estará dirigido a médicos, fisioterapeutas, pessoal relacionado com a parte médica, incluindo diretores técnicos e preparadores físicos das Associações Membro da CONMEBOL.

"Nesse sentido, quero explicar que esta especialização é online e gratuita para todos os médicos ou técnicos que cercam o âmbito de futebol e têm um vínculo com a CONMEBOL", explicou nesta sexta-feira Osvaldo Pangrazio, presidente da Comissão Médica da CONMEBOL, para aproximadamente 100 profissionais médicos na UNA, no Paraguai.

O Dr. Pangrazio, também disse que a missão, visão e objetivo do convênio entre a CONMEBOL e a UNA é fornecer "um maior conhecimento, formação de profissionais médicos de tal maneira de ciudar a integridade dos futebolistas. Estamos insistindo na educação e prevenção em esportistas".

"O curso dura um ano e outorgará aos médicos que concluírem com êxito uma credencial, avalada pela Direção de Competições da CONMEBOL, para poder entrar no campo de jogo e será obrigatória en los regulamentos posteriores a partir de 2019", acrescentou.

Por outra parte, José Mario Capello, chefe da Cátedra e Serviço de Ortopedia e Traumatologia e coordenador acadêmico, disse aos participantes sobre as vantagens de realizar a especialização e de como foi realizado o projeto e o convênio interinstitucional.

“Foi um longo sonho realizado e agradeço ao doutor e colega Pangrazio por nos ajudar a fazer isso acontecer. A primeira coisa que fizemos foi definir os pilares médicos no esporte e foi nisso que se baseou nosso programa básico", disse o profissional.

"É um curso de pós-graduação de primeiro nível, cujas dissertações serão de professores principalmente estrangeiros, de carreira reconhecida", disse ele.

Para finalizar a introdução, o doutor Esteban Ferro foi até a tribuna para falar sobre o metabolismo energético em atletas, o primeiro tópico a ser discutido na próxima segunda-feira, 11 de junho.

O programa de Especialização consiste em 9 módulos relacionados com o esporte como Fisiologia do Esporte, Cardiologia, Nutrição, Psicologia do Esporte, Gestão e Prevenção de Lesões em eventos CONMEBOL, Avaliação Clínica e Funcional do Esportista, Papel da equipe multidisciplinar no futebol, Doping no futebol, entre outros.

 

 

 

 

CONMEBOL.com