Cree en grande.
CONMEBOL

Deportivo Lara chega na Argentina para entrar no duelo contra Newell´s

×

Menssagem de erro

Notice: Undefined index: und em eval() (linha 1 de /data/www.conmebol.com/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_argument_default_php.inc(66) : eval()'d code).
Deportivo Lara chega na Argentina para entrar no duelo contra Newell´s

O conjunto crepuscular saiu do aeroporto internacional de Maiquetia rumo a cidade de Buenos Aires, para concentrar-se nos Aires, para concentrar-se para o duelo ante o Newell´s Old Boys, numa partida válida pela data 5 da Copa Bridgestone Libertadores 2013.

Chegaram à noite em Buenos Aires e será ali mesmo que a equipe se alojará até terça-feira onde viajarão via terrestre à cidade de Rosário, sede do desafio da tarde de quinta-feira.

Uma das novidades dentro da convocatória do professor Lenín Bastidas é o juvenil Junior Moreno, tachirense que viu uma boa quantidade de minutos no torneio local apesar de, na copa Libertadores, não estar em nenhuma convocatória.

Outro tachirense que estará em Rosário é Edgar Pérez Greco. “El Flaco” (“O Magro”), que padeceu de uma infecção gastrointestinal que o afastou praticamente durante um mês do jogo, e tem mostrado que, pouco a pouco, está recuperando o ritmo que é próprio dele como jogador.

“Não é segredo para ninguém que estive bastante tempo parado, depois entrei, o grupo já tinha um ritmo futebolístico de seis ou sete jogos e eu não tinha nenhum. Para chegar ao topo você tem que estar jogando. E pouco a pouco fui conseguindo e agora me sinto muito bem, apesar de que ainda não estar cem por cento, posso dizer que posso ajudar o grupo tanto físico como mentalmente”, manifestou.

Na Bridgestone Libertadores, as circunstâncias obrigam a somar de três para meter-se de novo para se colocar em um dos dois postos que dá acesso às oitavas de final, por isso existe certa pressão, revelou “El Flaco”.

“Sempre tem, somos uma equipe grande e os atuais campeões. Quando você tem um grupo ganhador sempre haverá essa exigência em ganhar, vamos à Argentina com a obrigação de somar três, não temos o dia de amanhã, temos a firme convicção de que vamos ter um dia bom para buscar os três pontos”.

O fato de haver enfrentado Newell´s (na data 2) provavelmente já dá para ter uma ideia quanto a cada um dos jogadores de quem é o rival. No que se refere ao jogo, em nível geral, não se apresenta a mesma leitura de todas as variáveis para jogar como visitante. Sobre este tema, o jogador com a dorsal 21, disse:

“Claro, por aí nem todos os jogos são iguais, agora jogaremos na Argentina, mas com um jogo prévio fica muito mais fácil de visualizar as características do jogo deles, sabemos que estarão como locais em seu campo, mas temos nossas virtudes para ir atrás e fazer possível que tudo dê certo em Rosário”, acrescentou.

E qual será o segredo? “Tem que ter boa ordem, eles têm a obrigação de ganhar também, talvez busquem o jogo logo no primeiro minuto, temos que estar bem concentrados, tratar de que passem as primeiras frações rapidamente e manejar a bola para que se desesperem e então tiraremos proveito da situação”.

Quando perguntamos em como irão passar as linhas do rival, respondeu: “Temos grandes jogadores tanto na metade como nas laterais para armar o dois contra um e desdobrar. Sempre jogamos com um engate que joga atrás dos cinco e isso pode ser fundamental, temos que buscar a mobilidade necessária, tratar de picar nas costas dos centrais que pode ser que não sejam muito rápidos, esperemos que na quinta-feira as coisas possam dar certo”.

O time rojinegro é atualmente o segundo mais goleador do torneio local, ficando atrás do Zamora, e sobre isso o volante ofensivo manifestou que, nesse sentido o grupo está tranquilo. “Sempre foi o nosso forte, trabalhamos para isso também, temos grandes jogadores tanto na defesa como no ataque para poder anotar, e isso tem que ser mantido tanto na copa como no torneio”, revelou.

 

Texto e foto: Imprensa do Deportivo Lara.