Cree en grande.
CONMEBOL

CONMEBOL, nunca uma instituição esportiva conseguiu recuperar tanto dinheiro

×

Menssagem de erro

Notice: Undefined index: und em eval() (linha 1 de /data/www.conmebol.com/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_argument_default_php.inc(66) : eval()'d code).
CONMEBOL, nunca uma instituição esportiva conseguiu recuperar tanto dinheiro
  • USD 130 milhões aproximadamente a CONMEBOL conseguiu recuperar. Esse dinheiro tinha sido desviado de forma ilegal por ex-dirigentes da instituição.
  • A recuperação dos fundos apropriados de forma irregular foi uma ação sustentada desde 2016, quando Alejandro Domínguez assumiu a presidência.

 

Um grande triunfo contra a corrupção! Na terça, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos ordenou a devolução de USD 71 milhões à CONMEBOL, dinheiro que foi recuperado de um esquema criminoso subjacente à investigação FIFAgate.

Trata-se da recuperação mais elevada conquistada pela Confederação, graças à dedicação e eficaz estratégia legal impulsionada pela Direção Jurídica da instituição, sob a liderança de Monserrat Jiménez, e o admirável trabalho de Ben O’Neil do escritório jurídico Quinn Emanuel, dos EUA.

Além dos fundos remetidos pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos, a CONMEBOL já recuperou montantes similares através de tribunais suíços e dos herdeiros de Nicolás Leoz, dos quais obteve um pouco mais  de USD 16 milhões.

Em 2020, atendendo a queixa impulsionada por parte da CONMEBOL, a Promotoria dos EUA dispôs a restituição de um valor superior a USD 550.000 e a Promotoria da Suíça ordenou a devolução de USD 38 milhões de contas abertas por Leoz e Deluca de forma particular.

Sobre este último, este ano ganhou mais uma vez a batalha com a restituição de USD 1.749.625, somando assim -entre as contas de ambos os ex-dirigentes- mais de USD 56 milhões, aos que hoy se unem os USD 71 milhões, totalizando um valor próximo aos USD 130 milhões.

Estes fundos que se devolvem à CONMEBOL serão utilizados para apoiar projetos relacionados ao desenvolvimento do futebol sul-americano.

O ponto de partida deste processo é a realização de auditorias forenses, aplicação de uma eficiente estratégia jurídica e total cooperação com a Justiça da Suíça e dos Estados Unidos.

Graças a este destacado trabalho de transparência da atual administração, a CONMEBOL deixou de ser considerada pela justiça norteamericana como um ente infrator da lei e passou a ser considerada como uma organização vítima de fraudes e diversas ações ilícitas.

Desta forma, a CONMEBOL ratifica o compromisso com a transparência, as regras claras e o reinvestimento, fato que motiva a seguir recuperando o que pertence à família do futebol sul-americano.

 

 

 

 

CONMEBOL.com