Cree en grande.
CONMEBOL

Comissão Médica e Unidade Antidopagem apresentam Relatório Científico Médico da CONMEBOL Copa América 2021

Comissão Médica e Unidade Antidopagem apresentam Relatório Científico Médico da CONMEBOL Copa América 2021
  • O relatório médico científico de 64 páginas foi elaborado pela Comissão Médica e pela Unidade Antidoping da CONMEBOL.
  • A revista está disponível em formato digital e dirigida ao público em geral, com ênfase na sociedade médica e antidoping. 

 

A CONMEBOL, através de sua Comissão Médica e Unidade Antidoping, apresenta um relatório médico científico da Copa América 2021 da CONMEBOL. O mesmo contém todos os resultados e ações que foram realizadas por ambos os departamentos durante o torneio de seleções mais antigo do mundo, que foi realizado no Brasil.

A revista, que contém 64 páginas, é apresentada em formato digital no site da Confederação Sul-Americana de Futebol e está disponível para o público em geral, recomendando a sociedade médica e o organismo antidoping.

“A divulgação destas informações é consistente com o princípio de transparência que orienta o trabalho da CONMEBOL em todos os campos”, enfatizou o presidente da Comissão Médica e Unidade Antidoping da CONMEBOL, Osvaldo Pangrazio.

Do ponto de vista médico, a Copa América CONMEBOL tem sido um sucesso, no âmbito do contexto especial em que o torneio foi realizado, provocado pela pandemia da COVID-19. A eficácia das bolhas sanitárias e do protocolo médico do órgão dirigente do futebol sul-americano tem sido um grande avanço em termos de saúde.

Nesse sentido, mais de 99% dos testes do vírus foram negativos, o que fala do grande trabalho da Comissão Médica, em um torneio com bases sólidas.

Também é importante mencionar que os controles antidoping foram realizados em 100% das partidas da CONMEBOL Copa América 2021. E todos os procedimentos foram realizados de acordo com os padrões internacionais de Investigação e Controles da Associação Mundial Antidoping.

Outro fato importante é que as amostras coletadas nos controles durante a competição serão armazenadas por um período de 10 anos, beneficiando assim futuros estudos para inteligência recebida ou disponibilidade de novas técnicas analíticas.

Nenhuma amostra coletada mostrou qualquer resultado analítico adverso, o que garantiu o fair play durante o torneio inteiro.

Os principais tópicos do relatório destacam:

  • Principais profissionais médicos que fizeram possível o sucesso do Protocolo Médico
  • Testes RTPCR, totais realizados na CONMEBOL Copa América
  • Protocolos Médicos
  • Lesões durante a Copa América 2021
  • Bolha Sanitária e Lesões na delegação de Árbitros
  • Conquistas obtidas pela Unidade Antidoping
  • Porcentagem de jogadores controlados por delegação
  • Galeria de Fotos do Workshop Médico e da CONMEBOL Copa América 2021

A CONMEBOL conseguiu atingir números incríveis em matéria médica, sem colocar em risco a saúde de nenhum atleta, demonstrando o sucesso dos protocolos elaborados por seus profissionais médicos, o que se traduz no cuidado de todos os membros da família do futebol sul-americano.

 

 

Download:

Español: Informe Médico Científico - Copa America 2021

Português: Relatório Médico Científico - Copa América 2021

English: Scientific Medica Report - Copa America 2021

 

 

 

 

CONMEBOL.com