Cree en grande.
CONMEBOL

Brasil defende ouro olímpico ante Espanha na grande final de Tóquio 2020

Brasil defende ouro olímpico ante Espanha na grande final de Tóquio 2020

A final inédita de sábado em Yokohama é um confronto entre duas potências com craques que tratam bem a bola e termina em um menu apaixonante para os amantes do futebol. Brasil defende o título do Rio-2016, enquanto Espanha busca reverdecer aqueles lauréis conquistados em Barcelona-1992. O encontro começa às 11:30 GMT.

Brasil sofreu até os pênaltis contra o México, porém terminou vingando a final perdida contra a 'Tri' em Londres-2012, ao vencer por 4-1 após o 0-0 nos 120 minutos de jogo em Kashima, nesta terça-feira, e agora lutará pelo ouro contra a Espanha, que superou o Japão por 1-0, em Saitama, com golaço de Marco Asensio, na segunda semifinal do torneio masculino de futebol de Tóquio-2020.

“É muito especial poder participar dos Jogos Olímpicos e poder chegar à final. É uma grande felicidade para mim”, afirmou o capitão brasileiro Dani Alves.

“Desde o primeiro momento estabelecemos o objetivo de buscar o ouro, sempre respeitando nossos rivais e acho que estamos merecidamente na final”, adicionou o lateral direito que busca seu título número 43, embora sua primeira medalha de ouro.

Prata em 1984, 1988 e 2012, e bronze em 1996 e 2008, o Brasil continua com passos firmes em busca do seu objetivo de passar a ser bicampeão olímpico.

Entusiasmado pela experiência do seu capitão Dani Alves, de 38 anos e em busca do seu título número 43 –é o jogador com mais conquistas na história-, a experiência do goleiro Santos, herói nas semis, e o perigo representado por Richarlison no ataque, a Verde-Amarela também tem credenciais para manter sua coroa do Rio-2016.

 

 

 

AFP/CONMEBOL.com