Cree en grande.
CONMEBOL

Bragantino bate Libertad e abre vantagem nas semis

Bragantino bate Libertad e abre vantagem nas semis

Com um Artur estelar, que deu uma assistência e anotou um gol, o Red Bull Bragantino se aproximou a sua primeira final da CONMEBOL Sudamericana ao vencer o Libertad do Paraguai por 2-0 nesta quarta-feira no jogo de ida das semifinais disputado no Brasil.

O extremo de 23 anos, convocado por Tite para as partidas da Seleção da tripla jornada do pré-mundial sul-americano em setembro, protagonizou uma bonita jogada individual que terminou com um gol de cabeça de Ytalo (30’) e depois ampliou a conta (50’) desde o ponto branco.

Em sua primeira participação internacional em um quarto de século, a equipe de Mauricio Barbieri ajustou uma vitória em Bragança Paulista, uma cidade a uns 80 quilômetros de São Paulo, que lhe permite sonhar com erguer seu primeiro troféu sul-americano.

Os paraguaios, por outro lado, apenas conseguiram lidar com a ofensiva dos locais, que desde o apitaço inicial buscaram uma boa vantagem para o duelo da próxima quarta-feira em Assunção.

O ganhador confrontará o vencedor da chave entre Peñarol (URU) e Athlético Paranaense (BRA), que disputarão a ida na quinta-feira em Montevidéu.

- Números do jogo -

  • Red Bull Bragantino conseguiu seu triunfo número 7 nos últimos 8 jogos da CONMEBOL Sudamericana (1E). Em todos anotou pelo menos 1 gol, e em 5 dos 8 terminou com o arco intacto.
  • Red Bull Bragantino deu um passo importante para passar a ser a nona equipe brasileira em classificar a uma final da CONMEBOL Sudamericana, a lista, onde curiosamente nenhum time conseguiu repetir, está integrada por: Internacional (2008), Fluminense (2009), Goiás (2010), São Paulo (2012), Ponte Preta (2013), Chapecoense (2016), Flamengo (2017) e At. Paranaense (2018).
  • Passaram quase 11 anos para que uma equipe do Brasil voltasse a duelar com um time do Paraguai em uma semifinal da CONMEBOL Sudamericana, o único antecedente foi na edição de 2009 com duas vitórias do Fluminense sobre o Cerro Porteño. Nesta noite Red Bull somou um triunfo e a racha favorece completamente os brasileiros (3PJ 3V)
  • É a primeira vez na história da CONMEBOL Sudamericana, que uma equipe brasileira vence como local por mais de um gol contra o Libertad do Paraguai (6PJ 3V 2E 1D).
  • Artur, do Red Bull, participou diretamente dos 7 gols da equipe desde as quartas de final da CONMEBOL Sudamericana (5 gols + 2 assistências)
  • Red Bull Bragantino tem 44.3% de média de posse na CONMEBOL Sudamericana 2021 e teve 49.2% nesta noite: só teve mais posse que seu rival em 2 dos 11 jogos disputados (50.9% em sua visita a Tolima, 50.2% na vitória sobre Emelec como local).

 

 

 

 

AFP / OPTA