Cree en grande.
CONMEBOL

Albiceleste vence de visita e continua firme

Albiceleste vence de visita e continua firme

Um gol de Lautaro Martínez e dois dos 'Correa', Joaquín e Ángel, sufocaram a intenção da Venezuela de vencer em Caracas, e com a vitória de 1-3, a seleção da Argentina conservou nesta quinta-feira o segundo lugar das Eliminatórias Sul-Americanas.

Um jogador a menos desde os 32 minutos, por uma falta forte de Adrián Martínez sobre Lionel Messi, condicionou o jogo da Venezuela que mostrou intensidade perante uma Argentina ordenada e com um ótimo controle da bola.

Um passe filtrado do capitão 'albiceleste' permitiu o ‘Toro’ Martínez definir com precisão ante a saída de Wuilker Faríñez e, aos 71’, Joaquín Correa aumentou o placar para a equipe visitante sentenciando o encontro a favor da Argentina.

Porém faltava o gol de Ángel Correa para aumentar as distâncias no placar, que foram encurtadas por Soteldo em uma cobrança de pênalti.

Argentina soma 15 pontos e está localizada na segunda posição da tabela, enquanto a Venezuela, com 4, continua fora da zona de classificação.

- Números do jogo -

  • Argentina perdeu só um dos 15 confrontos que disputou contra a Venezuela em Eliminatórias Sul-Americanas (12V 2E). Além disso, com o triunfo desta noite cortou a racha de dois empates com a 'Vinhotinto' nesta competição.
  • É o primeiro jogo das Eliminatórias rumo ao Catar 2022 na qual a seleção argentina marcou mais gols no segundo tempo que no primeiro. Até esta noite, tinha anotado 8 dos seus 9 gols no primeiro tempo.
  • Primeiro jogo desta edição das Eliminatórias Sul-Americanas que a seleção da Argentina marca mais de dois gols: tinha 9 nas 6 partidas prévias (1.5 de média por jogo).
  • Lionel Messi, da Argentina, chegou ao seu jogo número 52 nas Eliminatórias Sul-Americanas e superou Javier Zanetti como o jogador argentino com mais presenças na competição. 'La Pulga' estreou na classificação para a Alemanha 2006 (setembro de 2005 em Assunção, contra Paraguai) e marcou 23 gols neste certame.
  • Em seu jogo recorde, Lionel Messi não anotou, porém foi o jogador que mais faltas recebeu (4). Além disso, criou duas chances e finalizou 3 vezes.
  • Argentina realizou 17 finalizações contra a Venezuela, e está consolidada como a equipe com mais disparos por jogo nas atuais Eliminatórias Sul-Americanas: 100 em 7 jogos (14.3 de média).
  • É a primeira vez que a Argentina não perde nas 7 jornadas iniciais das Eliminatórias Sul-Americanas (4V 3E).

 

 

 

 

AFP - OPTA